Não precisa ser fã de romances para ter conferido histórias de casais que se apaixonam à primeira vista, seja em  filmes, livros, séries, novelas, músicas ou outros meios.

Há até amigos e conhecidos que juram de pé junto que já passaram por isso. Mas amor à primeira vista existe de verdade?

Trata-se de uma dúvida bastante comum, especialmente quando o coração começa a bater mais forte por uma mulher, não importa se você nem sabe o nome dela ou o que ela faz da vida.

O amor à primeira vista pode acontecer, mas o que muitas pessoas fazem é confundir os sentimentos de amor e paixão.

Normalmente, o que se sente no primeiro contato visual é paixão, ou seja, aquela vontade doida de querer beijar e acariciar a pessoa.

Por sua vez, o amor é uma coisa menos passageira e mais profunda, que costuma ocorrer com o passar do tempo, na medida em que nos aprofundamos na relação.

Pois é, meu chapa, lidar com o que sentimos pode dar um nó na cabeça. Mas fique calmo, afinal, estou aqui para te ajudar a identificar os sinais de que você está amando uma nova gata que você acabou de conhecer, percebendo se esse sentimento é mais do que aquele tesão que surge diante de uma bela mulher.

Como saber se amor à primeira vista existe

1. Vontade de mais

Na minha adolescência, eu tinha a impressão de que toda gata por quem eu me interessava seria o amor da minha vida. Porém, você deve saber bem que esse tipo de sensação é comum, e não apenas na adolescência.

Se a garota me desse mole, aí é que eu ficava mais empolgado ainda e fazia milhares de planos para realizar com a minha possível futura namorada.

O que tende a acontecer é uma atração muito forte dominar os nossos pensamentos, associada a uma boa dose de otimismo.

Eu, por exemplo, ficava com a impressão de que tudo daria certo entre mim e a gata em quem eu estava de olho. No entanto, depois de um tempo, eu via que aquela atração não era duradoura como eu imaginava.

Quem já se apaixonou no primeiro olhar costuma dizer que esse sentimento é ligado a uma vontade de mais. Isto é, uma vontade de ver mais a garota, de falar com ela, de tocar nela, de saber quais são os interesses dela…

Diferentemente de uma paixão momentânea, o amor à primeira vista dá vontade de ter uma conexão com a gata, não apenas algo físico.

2. Abertura emocional

Lá estava eu, conversando com a gata por quem eu achava que havia me apaixonado à primeira vista. Conversa vai, conversa vem, e o papo não passava de coisas superficiais.

Claro que ninguém é obrigado a contar coisas íntimas logo de cara, mas como eu não me sentia à vontade para me abrir com a garota, logo notei que isso era um sinal de que aquilo não era o começo de um novo amor.

Em geral, quem se apaixona só de olhar por alguém fica com a sensação de que os dois dividirão muitos momentos juntos.

Sendo assim, aquela barreira que temos ao conhecer alguém é menor quando pensamos se tratar do amor da nossa vida, afinal de contas, a intenção é conhecer a fundo a nova pessoa e deixar que esta saiba mais sobre o que já fizemos, o que fazemos e o que pretendemos fazer, incluindo nossos sentimentos mais profundos.

Bom, espero ter ajudado a tirar a sua dúvida, que já foi a minha dúvida e, com certeza, é uma questão feita por muitos outros caras.

Ao se ver nesse tipo de encruzilhada, cuidado para não quebrar a cara e tente não idealizar demais a gata por quem seu coração bater mais forte.

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.