Amigão, eu ainda não te contei como um colega fez para lidar com uma mulher na TPM.

Pois chegou a hora de finalmente te ajudar a evitar catástrofes na sua abordagem ou até no seu relacionamento devido a atitudes equivocadas quando a gata está naqueles dias.

Tudo começou quando meu colega se esgotou de levar patada e se estressar com sua namorada quando ela estava de TPM.

Claro que não estou culpando a gata, afinal, é uma situação bem complicada para ela. O que o cara demorou para perceber foi que essas reações negativas dela aconteciam justamente porque ele não estava preparado para lidar com o estado em que ela se encontrava.

A partir do momento em que o marmanjo passou a aplicar algumas dicas básicas, tudo ficou bem mais fácil, tanto para ele quanto para sua garota.

A primeira coisa que ele fez foi entender melhor como funciona o tão temido período pelo qual todas as mulheres passam antes da menstruação.

Bastou um pouco de pesquisa em fontes confiáveis e muito do que ele acreditava caiu por terra.

Além disso, o que contribuiu para melhorar sua relação com a namorada na TPM foi a compreensão do funcionamento do calendário dela na TPM.

Sendo assim, o brother começou a se preparar mensalmente para esse período, afinal, o comum é que o ciclo inicie no mesmo dia de cada mês.

Sempre que ele notava que o começo do novo ciclo estava prestes a acontecer, meu colega deixava a gata no canto dela, sem pressionar conversas e outras ações.

Como é um período crítico, qualquer pequeno atrito pode gerar uma briga daquelas. Então, o melhor que o cara fez foi ser o mais compreensivo possível e esperar um pouco até voltar a agir normalmente, mas sem deixar que ela se sentisse abandonada.

Cara, outra coisa que meu colega colocou em prática foi a sua capacidade de selecionar assuntos. Os mais delicados ele guardou na caixola dele e só tocou neles depois da TPM.

Infelizmente, alguns atritos ocorrem mesmo com todo o nosso esforço, mas segure as pontas e não caia nas provocações. Caso sua gata pegue pesado, provavelmente ela logo perceberá e tentará reparar o prejuízo quando estiver mais calma.

Uma vez meu colega teve a audácia de jogar na cara dela que determinada atitude era culpa dela e da TPM. Não preciso nem entrar nos detalhes do que aconteceu depois.

Por isso, eu recomendo que você se controle e nem sob tortura critique a mulher quando ela estiver em TPM e nem use o argumento de que ela só agiu de certa forma por conta desse período.

O cara aprendeu da pior maneira que essa fase é como se o casal estivesse em um campo minado.

Ainda que a mulher do meu colega nem sempre reagisse como ele gostaria, algumas medidas que ele tomou foram importantes para fazer essa etapa ser mais tranquila.

Ele tentou ser bastante romântico e atencioso, mandando mensagens bonitas e até buquês de flores. Desse jeito, sua gata se sentiu mais animada, sem ficar chorando pelos cantos (pelo menos por causa do cara).

Também aproveitou para evitar saídas com seus amigos em locais que ele sabia que iriam irritar sua namorada.

Como os sintomas da TPM não são apenas psicológicos, mas também físicos, foi essencial lembrar que a garota passa por sensações desagradáveis no próprio corpo e não tem a mesma vontade de realizar algumas atividades que são praticadas normalmente quando ela não está na TPM.

Por isso, o brother evitou chamar sua gata para programas que poderiam aumentar a dor e o desconforto que ela sentia durante o período pré-menstrual.

Isso inclui sexo! Mesmo que você esteja no maior tesão, nada de pressionar a gata para transar na TPM. Não se esqueça de ter mais paciência, pois insistir só trará problemas para o casal.

E por fim, não estranhe se a garota começar a comer coisas diferentes do que costuma comer. Hábitos alimentares tendem a mudar durante a TPM.

Logo, o lance é ficar na sua e não implicar com a gata e, EM HIPÓTESE ALGUMA, sugerir ou até falar claramente que ela engordou. Lembre que chamar uma mulher de gorda é um dos maiores pecados que um homem pode cometer!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.