Se não sabe como lidar com uma namorada bipolar, eu separei algumas informações que irão facilitar a sua relação com a gata, a partir de recomendações com base em experiências de um amigo que já passou por isso.

E vale lembrar que a bipolaridade é uma doença séria, que deve ter um acompanhamento médico para que a situação da paciente melhore, afetando menos a vida a dois.

O que você precisa colocar em mente, antes de qualquer outra coisa, é o fato de que ter uma namorada bipolar não é o mesmo que namorar uma alienígena.

Trata-se de uma mulher como qualquer outra, mas com uma condição médica que deve ser devidamente controlada, para evitar problemas, tanto para você como para ela e até para outras pessoas, inclusive estranhos.

Mas, afinal, o que é bipolaridade? Bem, trata-se de um transtorno que se caracteriza como uma variação da depressão, sendo caracterizado por alterações fortes e súbitas no humor, com períodos de felicidade extrema intercalados com momentos de irritação intensa e depressão profunda.

Em geral, a chamada fase maníaca, em que a empolgação é incontrolável e inexplicável, os pacientes costumam apresentar os seguintes sintomas: dificuldade para controlar o temperamento; bebida em excesso; maior propensão à promiscuidade; gastos exagerados; hiperatividade; envolvimento em muitas atividades; entre outros.

Já na fase depressiva, a pessoa fica constantemente desanimada, sem capacidade de concentração, com fadiga, mudanças extremas nos hábitos alimentares e no peso, sensação de inutilidade, problemas de sono, afastamento social, pensamentos suicidas, etc.

Veja como lidar com uma namorada bipolar

1. Firmeza

No caso do meu amigo que conseguiu conviver bem com uma namorada bipolar, o primeiro passo foi ter firmeza diante das adversidades proporcionadas pela doença.

Tanto nos picos de excitação quanto nos de depressão, o cara teve que ser firme para não ceder às vontades da sua gata.

Se a moça não faz o tratamento adequado, há uma grande chance de que ela apresente riscos às outras pessoas e até a ela mesma.

Por exemplo: ao colocar a vida de alguém em perigo, você precisa ser forte para tomar as medidas necessárias para evitar algo pior.

Ao não hesitar em chamar a polícia em determinados momentos, a situação pode ser resolvida mais rapidamente e com mais segurança.

Outro cuidado diz respeito à higiene pessoal da namorada, que pode relaxar por se sentir deprimida demais para cuidar de si própria.

Logo, você deve ajudá-la a manter a dignidade dela intacta até que os medicamentos façam efeito, de acordo com as recomendações médicas.

2. Diálogo com sinceridade

Há caras que, por inexperiência ou covardia mesmo, acabam fugindo do problema ou fingindo que nada está acontecendo, evitando o contato com a gata em questão durante as crises.

O que meu amigo fazia com a namorada bipolar dele era justamente o oposto, isto é, dialogar com o máximo de sinceridade, o que servia para melhorar a relação e fortalecer os laços de confiança.

Lembre que é importante tentar evitar qualquer tipo de discussão, pois isso só tende a piorar a situação. Além disso, nada de culpar a moça ou se culpar pelos problemas causados em decorrência do transtorno bipolar dela.

Tente se colocar no lugar da gata, para evitar atitudes egoístas. E não se esqueça de ser paciente, afinal, o tratamento não cura a pessoa num piscar de olhos.

Logo, é preciso de tempo e dedicação, até que tudo fique mais estável e o relacionamento não seja mais afetado pelo transtorno.

Coloque os cuidados acima em prática, para assegurar um namoro mais saudável e com maior probabilidade de durar muito mais tempo, mesmo com a gata se tratando do transtorno bipolar.

Esta difícil lidar com sua gata?

Descubra como ser um homem confiante e lidar com qualquer tipo de situação.

SIM! QUERO DESCOBRIR AGORA MESMO!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.