Cara, se você está na pindaíba porque seu relacionamento chegou ao fim, é difícil ser otimista em relação ao seu futuro amoroso, mas acredite em mim quando eu digo que é possível SIM saber como superar o divórcio!

Claro que estou me referindo a casamentos que realmente não têm condições de continuar como eram, e não de separações em que há chances de reatar.

Um dos meus melhores amigos estava em um estado deplorável na nossa última conversa. O motivo? O divórcio do brother.

Só para você ter uma noção, o cara ainda tinha esperanças de que a ex daria uma oportunidade para eles tentarem um comeback.

Além disso, meu chapa não saía mais, nem fazia questão de tentar encontrar um novo interesse amoroso.

Acho que se não fosse por nossa conversa, esse amigo teria entrado em depressão, pois ele estava já super abatido e sem muita expectativa de um futuro melhor, tanto sozinho quanto com uma outra mulher.

A partir de algumas dicas simples, meu camarada conseguiu se sentir melhor consigo próprio. Consequentemente, o divórcio virou apenas uma cicatriz, cuja dor foi diminuindo à medida que o cara chegava mais perto da superação total dessa situação difícil.

3 Dicas de como superar o divórcio

1. Pensar o mínimo possível no passado

A primeira atitude do meu melhor amigo foi parar de ficar remoendo o passado. De nada adiantava continuar pensando no que poderia ser feito e outras coisas que não mudariam a situação em que o meu chapa se encontrava.

Eu tenho plena consciência de que não é nada fácil controlar os pensamentos, mas há quem parece gostar de sofrer, deixando os pensamentos tristes dominarem a mente.

Para o meu amigo pensar o mínimo possível no passado, recomendei que ele se distraísse com coisas agradáveis sempre que uma lembrança da ex viesse à cabeça.

Assim, em vez de se deixar levar por essas memórias sobre o casamento, o cara ocupava seus pensamentos com coisas boas para ele.

A superação do divórcio do meu colega só aconteceu depois que ele voltou a fazer atividades que proporcionavam prazer a ele.

Como ele sempre gostou de jogar futebol com os amigos, mas havia perdido esse hábito durante o casamento, foi essencial que ele retomasse o costume de bater uma bola.

Além de atividades físicas, a superação foi impulsionada pela prática de idas ao cinema, visitas a museus, passeios em parques e até coisas feitas de casa, como reuniões com amigos.

2. Respeitar a si mesmo

Apesar de seguir direitinho as minhas instruções, volta e meia o meu amigo caía em tentação e ia lá mandar mensagem para a ex, seja para puxar papo ou para pedir o retorno da relação.

Obviamente que ficar se humilhando não é a solução para ninguém. Por isso, dei uma bronca no meu brother e disse que ele tinha que cortar o contato com a gata, já que ele não conseguia se controlar e acabava virando um banana.

Uma ótima forma de readquirir respeito próprio é tomar um banho de loja, o que não quer dizer gastar um monte no shopping ou na internet, mas dar presentes para você mesmo, pois isso costuma fazer você se sentir melhor.

O meu amigo, por exemplo, ficou com a autoestima nas alturas, o que contribuiu para sua confiança em novas investidas românticas.

3. Procurar por apoio

Quando eu soube que o meu amigo estava tendo recaídas, mesmo após as medidas acima, eu aconselhei que ele buscasse ajuda de um psicólogo, visto que nem sempre conseguimos lidar com nossos sentimentos sozinhos.

Nem todo mundo precisa disso, mas meu chapa estava necessitando um apoio profissional, o que complementou todas as minhas dicas úteis para superar o divórcio.

Se você se sentir como meu colega, não perca tempo e aplique as minhas recomendações!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.