Quem já foi traído por uma mulher que amava (ou ainda ama) sabe a dor que esse tipo de traição causa.

O trauma pode ser tão grande que superar essa situação vira um pesadelo, tanto que há muitos caras que desenvolvem problemas de confiança, o que prejudica seus novos relacionamentos. Mas como superar uma traição?

Apesar de não ser uma tarefa fácil, é possível superar o chifre que você levou e virar a página, seja com outra gata ou até com a mesma mulher.

Para tanto, é essencial conhecer algumas dicas básicas, como as que separei para você, levando em conta as minhas experiências ao ser traído.

Veja como superar uma traição

1. Controle a sua raiva

É normal ficar revoltado após a descoberta de uma traição. O que não é normal é perder a calma e ficar descontrolado, agindo com raiva e querendo se vingar da moça e do cara com quem ela ficou.

Confesso que pensamentos assim passaram pela minha mente, mas foi algo momentâneo e que eu não deixei crescer. Assim, eu consegui lidar com a traição de maneira construtiva, o que foi essencial para a tão esperada superação.

2. Não adianta tentar ficar empatado

Se ela me traiu, nada mais justo do que eu trair a gata também, certo? ERRADO! Não vai adiantar trair também, na tentativa de deixar vocês quites e com o placar empatado, afinal, outro caso fora do relacionamento ou uma transa única só vão gerar mais dor e preocupação.

Eu me mantinha focado em aliviar a dor quando eu era traído, o que eu fazia de outras formas, não pagando na mesma moeda.

Em vez de procurar por outra mulher para me vingar ou ir atrás do homem com quem minha namorada em questão me traiu, eu ocupava minha mente com atividades produtivas e coisas que proporcionavam prazer, como ver filmes, jogar bola com os amigos, entre outros hobbies.

3. Evite expor o problema para outras pessoas

Por mais que expor a traição para todos os seus conhecidos dê uma satisfação, em virtude de desmascarar a mulher, não se esqueça de que essa sensação é passageira e não ajuda na superação do problema.

No lugar de contar para todo mundo a respeito do que ocorreu e fazer a caveira da garota, eu só toquei no assunto com pessoas próximas e de confiança, em momentos de desabafo.

Eu recomendo que você não fique lavando roupa suja em público, como por meio de posts em redes sociais, visto que isso pode queimar o seu filme também e até criar problemas maiores, caso queiram te processar por difamação e outras coisas.

4. Não fuja do que está sentindo

Existem caras que tentam esconder o que sentem. Assim, eles guardam raiva, rancor e outros sentimentos ruins.

Essa atitude não é nada saudável, pois diante de um problema, você só irá superar lidando com o que está sentindo, não fugindo dos próprios sentimentos.

Em meus momentos ruins depois da traição, eu virei uma espécie de bomba-relógio, prestes a explodir a qualquer momento. O que me ajudou foi conversar abertamente com a mulher que me chifrou, além de pedir conselhos a amigos.

5. Entenda o que levou à traição

Na hora de falar sobre o assunto com sua namorada, evite entrar em detalhes muito gráficos, que prejudicarão o processo de cicatrização.

Porém, isso não quer dizer que você não deve perguntar sobre o que aconteceu. Eu, por exemplo, fiz questão de saber o que levou a garota a me trair.

Desse jeito, foi possível compreender o que estava errado na relação, o que tirou um peso das minhas costas e me ajudou não só a superar, mas a lidar com a possibilidade de um recomeço sem os mesmos erros.

Coloque em prática as minhas sugestões e não tenha vergonha de pedir auxílio caso esteja com dificuldades para superar a traição.

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.