Depois de ficar pela primeira vez com uma garota que eu estava paquerando, fiquei todo faceiro por ter conseguido realizar o meu desejo.

A empolgação foi tanta que não deu nem 10 minutos e eu já estava ligando para falar como eu tinha adorado o encontro.

Nem meia hora após a ligação e eu comecei a bombardear a gata com mensagens. Se você já passou por algo semelhante, sabe como a história terminou, não sabe?

Pois é, levei um pé na bunda por ter metido os pés pelas mãos. Bastaram algumas atitudes equivocadas para colocar todo o meu esforço a perder.

Se até então eu era visto como um cara sedutor com quem a gata não via a hora de ficar, logo passei a ser considerado pegajoso, desesperado, grudento, inseguro e louco por atenção. Características que, claro, poucas mulheres curtem.

Brother, quando o leite já está derramado, não adianta chorar, né? Pois o que eu fiz foi pedir desculpa por ter sido inconveniente e dei tempo ao tempo.

Como eu realmente queria muito continuar ficando com aquela gata, passei a me controlar mais e torci para que ela desse sinal de vida.

Havia o risco de que a garota nunca mais puxasse papo, mas o normal é que a mulherada fique instigada quando não damos muita bola.

O que não pode é ignorar totalmente, pois isso faz qualquer mulher se sentir um lixo e pensar que nós não gostamos do encontro.

Minhas relações começaram a melhorar a partir do momento em que caiu a ficha e eu percebi que não adianta só saber o que escrever ou o que falar ao entrar em contato com uma mulher, seja por celular, mensagem, WhatsApp ou qualquer outra forma de comunicação.

É necessário entender perceber quando é o momento de correr atrás. Além disso, eu tive mais sucesso nas minhas conquistas amorosas quando descobri se devia ligar ou mandar mensagem, pois cada tipo de contato pode gerar reações diferentes conforme a situação.

Mas, então, o que você deve fazer: ligar ou enviar SMS? Para te ajudar a resolver esse dilema, separei algumas dicas básicas:

1. Considere onde a mulher está:

Se você não tem noção da localização da gata, é melhor enviar uma mensagem de texto. Imagine só como ela pode ficar numa saia justa caso você decida ligar justo quando ela estiver em uma aula ou numa reunião de trabalho.

Por isso, dê preferência para ligações somente quando você tiver certeza de que a garota está em casa ou em outro local onde ela poderá atender sem problemas.

2. Leve em conta se você fica mais à vontade falando ou escrevendo:

Antes de ligar, o ideal é se certificar que você terá assunto para uma conversa agradável. Muitos caras criam um clima chato justamente porque acham que é uma obrigação ligar, mesmo quando não se sentem à vontade e ficam inseguros na hora de falar por telefone.

Já quem não gosta de mandar mensagens deve optar por telefonemas.

3. Seja coerente no diálogo:

O que eu quero dizer com isso? Basicamente, se a mulher te perguntar algo por SMS, não responda ligando para ela e vice-versa.

Recomendo que você mude o canal de comunicação apenas em momentos especiais, como quando você quiser surpreender a gata.

4. Tenha em mente a situação financeira da garota:

Em alguns casos, você ou a garota pode estar com poucos créditos, dificultando ligações constantes. Sendo assim, enviar mensagens por WhatsApp ou outros recursos gratuitos é a melhor solução, não importa se vocês prefiram falar por telefonemas.

Portanto, aconselho que ambos abram o jogo, para que fique claro como é o melhor jeito de se comunicar para cada um e em cada horário.

Dessa maneira, você vai evitar que só um ligue ou que surja uma sensação de obrigação para falar de um modo específico.

5. Nada de conversas quentes por telefone durante o dia:

O mais comum é que as pessoas trabalhem ou estudem durante o dia, tornando difícil falar coisas picantes com ficantes ou namorados.

Logo, a não ser que você saiba que sua mina esteja em casa, deixe para falar com ela de forma mais sensual à noite ou opte por sexting, que é a prática de enviar mensagens sensuais.

Agora é só seguir as minhas recomendações para garantir conversas muito mais gostosas!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.