Lá estava eu, num aniversário de um colega, quando vi uma gata por quem meu coração começou a bater rapidamente.

Depois de pensar em como abordaria a moça, criei coragem e fui à sua direção, mas tive que parar e repensar minha estratégia ao notar que ela estava conversando com seus familiares.

Para você não passar pelo mesmo aperto, que tal saber como chegar em garotas acompanhadas dos pais ou parentes?

Pois é, esse tipo de situação requer alguns cuidados, afinal, determinadas perguntas ou até cantadas não são apropriadas quando um pai, uma mãe, um avô ou qualquer outro parente está perto da gata que se deseja conquistar.

Sendo assim, é indispensável conhecer as principais formas de abordar quem está junto da própria família.

Veja como chegar em garotas acompanhadas dos pais ou parentes

1. Flertar antes de abordar diretamente

O primeiro passo que eu sempre dava nessas ocasiões era flertar com a moça que havia despertado o meu interesse.

Para tanto, eu tentava manter o contato visual com ela, sem deixar que as outras pessoas no local notassem o que eu estava fazendo, especialmente os parentes dela.

Além de despir a gata com os olhos, mas sem focar apenas nos seios, por exemplo, eu criei o hábito de dar piscadas, para sinalizar minha vontade de me aproximar.

E uma coisa que eu não deixava de lado era o meu sorriso sedutor, o que aumentava as minhas chances de ter sucesso na conquista.

2. Abordar sem excluir os demais da conversa

Não é nada educado entrar num grupo de pessoas e voltar sua atenções apenas para quem você deseja paquerar, ainda mais se as demais pessoas são familiares da moça.

Levando isso em conta, é recomendável abordar de maneira inclusiva, ou seja, falar sobre assuntos de interesse de todos os membros da conversa e prestar atenção em tudo o que os outros dizem.

É claro que uma hora o foco tinha que ser na gata da vez. Bem, era nesse momento em que eu aproveitava para tecer elogios rasgados e demonstrar que eu estava caidinho por ela, mas sem exagerar na dose, pois excessos tinham grande potencial para acabar com o clima e causar o maior desconforto.

3. Levar um conhecido junto

Considerando que é complicado abordar alguém sem o apoio de um conhecido, que ajuda a evitar a sensação de que você é um intruso na conversa alheia, uma das melhores dicas que eu colocava em prática era levar um amigo ou apenas um conhecido junto, o que me deixava até mais confiante para falar com a gata e com seus parentes.

4. Convidar a mulher para fazer algo a sós

Calma, não estou me referindo a sexo e nem a simples ficadas. O que eu quero dizer é que você pode convidar a mulher para ir dançar com você ou só chamá-la para pegar uma comida ou uma bebida.

Assim, você cria a oportunidade perfeita para falar tudo o que você estava guardando, para não falar na frente dos outros.

Ao tentar isolar a moça das companhias dela, evite ser insistente demais e jamais puxe a gata sem que ela queira ir com você.

O ideal é que o seu papo provoque nela a vontade de ficar alguns momentos a sós contigo. Portanto, aposte em assuntos que mostrem que você tem conteúdo de sobra, como informações relacionadas à sua área de trabalho ou de estudos.

Por fim, eu fazia sucesso com a mulherada e seus parentes ao perguntar o que eles estavam achando do local, se conheciam as músicas que estavam tocando, entre outras coisas capazes de deixá-los mais à vontade com a minha presença.

Está a fim de uma gata, mas ela esta sempre acompanhada?

Descubra como criar uma conexão tão forte com a gata que você esta a fim que vai ser impossível ela não te chamar para um encontro.

SIM! QUERO DESCOBRIR AGORA MESMO!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.