Como eu sempre falo por aqui, se hoje você se sente super ultra constrangido ao tentar abordar uma garota…

E quando consegue, sai com a sensação de que foi um completo desastre, fique tranquilo por que o fim do martírio está chegando.

Eu posso te dar algumas dicas certeiras sobre como usar uma abordagem que realmente funcione, mas você vai ter que escolher aquela que mais combina com o seu jeito… Mas isso você só vai descobrir PRATICANDO!

Primeiro vamos esclarecer. Existem basicamente dois tipos de abordagem: a direta e a indireta.

A direta é pro cara que já ta mais seguro, pois a chance de levar um fora existe e esse cara aí não vai se importar.

Na abordagem direta, você se aproxima da garota deixando claras suas intenções desde o início. Essa tática requer um exercício forte de autoconfiança e alguns truques que ajudam você a ter sucesso.

Mas na maioria dos casos eu recomendo a indireta, que tem muito mais chances de dar certo se você seguir os passos direitinho.

Nesse tipo de abordagem, você vai chegar “de mansinho”, com uma boa conversa… E no fim, ela vai estar afim de você sem saber como essa história toda começou.

Parece difícil? Irmão, depois que eu te dar algumas dicas você vai ver que é muito mais simples do que imagina!

Estilos de abordagem para paquerar mulheres lindas

Abordagem Direta

Bom, vamos lá. Para chegar na garota com tudo, você precisa primeiro cuidar de você. Um visual moderno, roupas alinhadas, cabelo limpo, barba aparada, perfume na medida certa e, principalmente: postura de vencedor.

E como é, Marcel? Simples: cabeça erguida, ombros pra trás, espinha ereta, passos largos e rápidos, não olhar para baixo e sorriso estampado no rosto.

E eu vou repetir aqui pra você não dizer que não avisei: esse tipo de abordagem é cara-de-pau. Ideal pra quem tem a autoestima elevada, que não tem medo de levar um não de uma mulher.

O assunto tem que ser certeiro: você já vai chegar dizendo pra garota que curtiu o estilo dela, ou que a viu em uma festa anterior, ou:

– Oi… Amanda, né?

– Não, meu nome é Daniela.

– Ah desculpe. Daniela, sou amigo da Ana… Você pode não acreditar, mas ela estava prestes a marcar um encontro às escuras para nós dois. Eu pedi que ela não fizesse isso, pois você poderia não gostar… Acho que encontros assim não são seu estilo né?

– Humm… Não, mas quem é An…

– Foi o que imagine, uma mulher tão linda não precisa passar por coisas desse tipo. Mas enfim, aqui estou eu… E agora que já me conheceu, nosso encontro pode ser marcado.

Ela vai sorrir e ficar confusa… E você continua:

– Sexta-feira às 20h no (restaurante próximo de onde vocês estão).

Entregue seu celular a ela destravado e peça que ela marque seu número.

Chances de ela dizer não? Muitas. Mas ela provavelmente vai acreditar em você e querer estar com você se você for:

  1. Divertido
  2. Bem vestido
  3. Direto

Abordagem indireta

Agora vamos à usual abordagem indireta, que como disse anteriormente é a que eu recomendo a você, principalmente porque com ela você tem mais chances de conquistar um sim e se expõe menos, caso a timidez ainda seja um problema para você.

Primeiramente, uma mulher tem mais chances de dizer sim a você se você:

  1. Tiver algo em comum com ela
  2. Tiver uma atitude confiante e não falar de si mesmo
  3. Tiver um bom papo

A parte boa desse tipo de abordagem na rua é que não importa se você tem ou não tem um carro, se você é bem sucedido ou está desempregado, nada disso tem valor nesse momento.

A primeira dica é: nunca aborde a mulher de frente, ela vai se assustar e a primeira imagem sobre você não será boa. Observe-a de longe por uns instantes. Veja se o estilo dela é parecido com o seu, busque algo em comum.

Perceba, pela forma como ela anda e olha ao redor, se ela está com pressa. Melhor não se aproximar dela se estiver, pois suas chances serão pequenas.

Mas se ela estiver andando com mais tranquilidade, ou com sacolas de compras, olhando no celular, observando os prédios, há chances de estar sem compromisso e aí sua abordagem pode rolar.

A aproximação

Ande no mesmo sentido que ela e aproxime-se quando estiverem alinhados, senão vai parecer que você está seguindo a gata. Agora você precisa chamar a atenção dela, use um tom bem jovial e não grite e siga as dicas que dei aqui “Como abordar uma mulher na rua sem pegar mal”.

Para saber mais, fique atento às próximas dicas. Valeu, irmão!

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.