Atire o primeiro giz de cera no quadro negro quem nunca se sentiu atraído por uma professora gata e interessante.

Pois eu também já me vi nessa situação, que pode ser muito desconfortável. Depois de aprender a lidar com esse tipo de problema, eu estava pronto para dar dicas para caras que resolveram investir na sedução de professoras, como ocorreu com um dos meus primos, que chegou para mim e disse: o que fazer para conquistar minha professora?

Como eu sabia que ambos eram maior de idade, dei conselhos com o maior prazer, afinal, já passou o tempo em que era considerado um absurdo o relacionamento entre aluno e professora.

Claro que esse tipo de relação ainda é complicado, pois é necessário respeitar as regras da instituição de ensino em questão, a fim de evitar problemas tanto para o estudante quanto para a educadora que despertou seu interesse.

Além disso, eu perguntei se o meu primo sabia se a gata era solteira e assim que ele respondeu que ela não era comprometida, eu comecei as minhas dicas para conquistar professora.

Veja o que fazer para conquistar uma professora

1. Sentimento recíproco

O primeiro passo do meu parente foi perceber se o sentimento era recíproco, já que é perda de tempo investir em quem não está nem aí para você, não é mesmo?

Bem, para notar se a professora se sentia atraída por ele, meu chapa fazia questão de sorrir de maneira sedutora.

Além disso, o cara abusava de olhares penetrantes e insinuantes, sem deixar que os outros alunos percebessem, claro.

Para ter mais certeza do que a gata sentia, o brother soltava algumas indiretas em conversas particulares e prestava atenção nas reações da professora, que demonstrava interesse não somente a partir do que respondia, mas também por meio de sua linguagem corporal, cheia de jogadas de cabelo para o lado, piscadas, entre outras características que indicam atração.

2. Análise dos interesses da mulher

Assim como acontece com qualquer outra mulher, é necessário se preparar para abordar uma professora. Para tanto, incentivei o meu primo a pesquisar sobre a gata, com a finalidade de conhecer mais os gostos, os interesses, o currículo e as preferências da moça.

Sendo assim, a chance de ter êxito ao paquerar seria maior e foi exatamente o que ocorreu quando o cara criou coragem para abordar a professora.

Buscadores online e redes sociais são as formas mais práticas de se informar a respeito de alguém. Logo, o cara fez a lição de casa direitinho antes de puxar assunto em uma mídia social, deixando o papo rolar até que assuntos relacionados ao curso dessem vez a coisas mais pessoais.

Outra abordagem que poderia ser feita com sucesso é a abordagem ao vivo, desde que o contato ocorresse discretamente fora da sala de aula, preferencialmente fora do ambiente escolar.

3. Postura séria

Também aconselhei meu camarada a adotar uma postura séria, visto que a professora dificilmente daria bola para ele se pensasse que ele só queria transar ou ficar uma única vez.

Para tanto, foi necessário começar a mudança de atitude na sala de aula. Logo, o rapaz começou a agir com mais responsabilidade, o que fez a professora notar que ele estava empenhado e era mais do que um corpinho bonito.

Bom, agora que você viu como meu primo fez para conquistar a professora dele, é a sua vez de arriscar os mesmos passos ao tentar seduzir a sua professora.

Lembre-se de ser um cavalheiro e respeitar todas as posições da gata, sem esquecer que ela pode estar relutante devido à delicadeza da situação, pois problemas podem surgir se outras pessoas descobrirem.

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Projeto Santo Papo em 2008, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos a mais de 10 anos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 750 mil inscritos.