Com o avanço da tecnologia e a popularização da Internet, que hoje está mais acessível a praticamente a todas as classes sociais, tornou-se muito comum aos usuários participarem de sites de relacionamentos, como o Badoo, Parperfeito e tantos outros espalhados pela rede.

Não se confundir site de relacionamento com redes sociais (como facebook e orkut): o site de relacionamento tem como objetivo proporcionar que as pessoas encontrarem um romance, seja ele casual ou duradouro, mas para que o conto de fadas não se torne um pesadelo, resolvi dar 10 dicas para não se dar mal em sites de relacionamento!

O número de usuários desses sites nos últimos anos foi enorme, principalmente o Badoo, que desenvolveu um aplicativo “pegadinha” para Facebook, no qual muitos usuários nem mesmo sabem que foram cadastrados em um site de relacionamento.

Assim, apesar da facilidade do usuário em participar de um site de relacionamento (muitas vezes sem sequer saber), o mesmo encontra dificuldades pra sair, pois seu perfil fica vinculado com o perfil no Facebook, e o “descadastro” comum não funciona; o usuário tem que remover o aplicativo diretamente de sua conta no Facebook.

Isso acaba proporcionando uma grande exposição do usuário na rede.

Posso afirmar que 90% dos homens que estão na maioria site de relacionamento têm como objetivo apenas o SEXO! (Calma, eu disse a maioria e não todos, inclusive existe alguns bem  sérios no mercado de sites de relacionamento! ). 

Isso mesmo, a maioria dos usuários dos sites de relacionamento (não todos) tem como foco uma aventura, apesar daquele papinho aranha de que querem uma namorada, e blá blá blá, mas é tudo balela.

Às vezes acontece do tiro sair pela culatra e eles acabarem topando com uma mulher interessante, mas isso é um caso a parte.

Sites de relacionamento sem alguns cuidados podem ser perigosos, siga as 10 dicas para não se dar mal:

1 – Procure conversar alguns minutos antes de passar o seu MSN, muitas mulheres não tem paciência de conversar no chat que o site oferece e acabam passando seu MSN sem nem mesmo trocarem meia dúzia de palavras.

Lembre-se, passar seu MSN de cara para alguém que você não conhece, seria como você convidar a pessoa para ir a sua casa na vida real.

Tá certo que existe a opção de bloquear a pessoa caso você não goste, mas lembre-se, ela sempre vai saber seu endereço de e-mail (que geralmente é associado a Facebook, orkut) e ele pode facilmente te localizar em outras redes sociais e até mesmo monitorar sua rotina na web.

2 – Sempre pergunte se a pessoa tem namorada, noiva, esposa. Perguntar se é solteiro nos dias de hoje não funciona mais (principalmente em sites de relacionamento), a não ser que você seja bem especifica com a pergunta: “você é solteiro sozinho?”. 

Solteiro hoje em dia anda genérico, pois tem solteiro namorando, solteiro enrolado, solteiro com filhos, solteiro de todo jeito. Assim, não dê chance para que depois ele lhe disser que tem namorada e falar: “eu disse que era solteiro e sou solteiro, só que namoro”.

Parece piada, mas já vi várias garotas caírem nessa armadilha.

3 – Imagine que você está no MSN, a pessoa diz ser “solteira sozinha”, o papo está legal: chegou a hora de você perguntar se a pessoa tem Orkut ou Facebook.

Quem disser que não tem, desconfie. Se o cara tem a capacidade de se cadastrar em site de relacionamento, porque não iria ter um perfil em rede social? Geralmente é a “pegadinha” mais usada por homens casados.

4 – Com acesso às redes sociais do paquera virtual, dê uma investigada. Geralmente você consegue traçar o perfil da pessoa através das comunidades que ele participa, scraps de amigos, etc. Procure se sentir segura em relação ao cara, veja se ele tem um estilo de vida saudável e compatível com o que você procura.

Caso você veja que tem algum amigo em comum, pergunte ao seu amigo sobre a pessoa que está conversando. 

5 – Procure conversar ao telefone por alguns dias antes de marcar o encontro, na internet é fácil ser o cara ideal e falar coisas interessantes, você tem tempo para pensar e escrever as coisas de forma que conspire a seu favor.

No telefone a pessoa é obrigada a pensar rápido para que a conversa tenha um timing legal. 

6 – No telefone relembre alguns detalhes que foram falados na internet, principalmente algo que você suspeite que não seja verdade.

Reforçar alguns itens que já foram ditos vai fazer você ter certeza de que a pessoa esteja falando a verdade, uma boa dica é lembrar datas, ou coisas ligadas a tempo, tipo “a quanto tempo você terminou mesmo?”, “Onde você disse que trabalha?”, “Como foi aquele jantar?”.

Se o cara mentiu, ele vai se enrolar, portanto sempre fique atenta a detalhes, são eles que ajudam você a encontrar mentiras ou fatos inconsistentes.

7 – Essa é a regra de ouro. Seja sempre você a marcar o local do primeiro encontro.

Caso você queira que ele te busque, não diga o número do seu apartamento, fale para te ligar quando estiver chegando que você desce.

Caso more em uma residência, tente marcar o encontro em algum outro lugar, como shopping, por exemplo.

Somente diga onde mora se você se sinta realmente segura em relação ao cara.

Parece exagero, mas a partir do momento que você entrou no carro dele, a sua única companheira é a sorte, e torça para que ela esteja a seu favor. 

8 – Procure marcar algo como cinema, barzinho, restaurante ou shopping, evite ir a lugares isolados e muito menos ficar dentro do carro parado correndo risco de ser assaltada. 

9 – Sempre avise uma amiga, amigo ou familiar onde você está indo e peça para te ligar 30 minutos depois que saiu, para certificar que você esteja realmente segura, combine algum código, caso algo dê errado você tem como avisar.

10 – Ao te deixar em casa, mesmo que o encontro foi bacana, não o convide para entrar (caso more sozinha) em um primeiro momento.

Se o encontro foi legal, ele vai ter paciência e vai te ligar nos próximos dias.

Abaixo, um pequeno “passo a passo” de um encontro com alguém que conheceu pela Internet. Conversar no chat do site

  1. Estado civil;
  2. Momento certo de passar MSN;
  3. Investigação em redes sociais
  4. Conversar ao telefone
  5. Descobrir verdades e mentiras através de perguntas sobre assuntos já discutidos 
  6. Onde te buscar
  7. Aonde irão
  8. Avisar alguém
  9. Deixar em casa

Sobre o Autor

Santo Papo

Criador do Santo Papo e da franquia de treinamentos Guerra da Sedução, Marcel Kume já ajudou dezenas de milhares de homens de todo o mundo a ter uma vida amorosa plena e feliz, atuando como Coach de Relacionamentos. Hoje conta com o maior canal do Youtube brasileiro com o tema conquista e sedução de mulheres e já conta com mais de 270 mil inscritos.