Vença o medo de falar com as mulheres

A ansiedade de aproximação é algo que realmente interfere na aproximação proativa masculina. Pois, o medo de falar com uma mulher, é uma das queixas mais comuns entre os meus alunos.

Entretanto, estudos afirmam que é possível, através de simples métodos, controlar essa ansiedade. Acima de tudo, você pode usar esse medo, como mecanismo para aperfeiçoar sua aproximação com outras pessoas.

Então, reunimos uma série de exercícios mentais, que vão auxiliar a sua perspectiva pessoal, e transformar você em um comunicador na área da sedução!

A ansiedade da aproximação

Alguns homens possuem uma dificuldade em abordar mulheres, principalmente, quando estão interessados sexualmente nela. Mas isso não é um problema, exceto, quando esse medo se torna uma barreira na vida afetiva.

Maior parte da limitação ocorre por falta de informação. Seu medo pode ser derivado da insegurança, por falta de respaldo sobre o assunto em questão. Dessa forma, é comum que essa ansiedade te faça abrir mão de abordar mulheres, com medo de ser recusado.

Compreender suas limitações, é compreender como vencê-las. Portanto, faça uma atividade reflexiva, observe em quais contextos essa ansiedade se aflora. Após identificar quais gatilhos emocionais despertam esse sentimento, você poderá agir para corrigir.

O que te limita?

Todos os homens do mundo já viveram um fora. Para uns, isso passa despercebido, e a vida segue. Mas, outros acabam internalizando esse processo e desenvolvendo alguns traumas.

Os principais sentimentos ligados ao medo da aproximação é: a Ansiedade de conversar com uma mulher; Medo de ser criticado; Medo sobre a aparência.

Em alguns momentos, esses medos decorrentes de vivências passadas, acabam sobrecarregando seu emocional. Enfim, o que ocorre é um bloqueio emocional, onde você não consegue superar o fora, ou se protege de situações semelhantes.

Pensando dessa maneira, após identificar sua crença limitadora, é preciso entender, que o que não te mata, te fortalece. Use suas investidas frustradas, como aprendizado.

Como está sua Autoestima?

A autoestima é necessária para vencer o medo de conversar com as mulheres. O caso é, se você não está feliz consigo mesmo, isso será refletido em todos os aspectos da sua existência.

Não somente uma questão de aparência física. É algo que reflete sobre o seu estado de espírito, como um todo.

Procure identificar os sinais de desmotivação, caso esse seja o motivo de sua ansiedade de aproximação, é preciso, primeiramente, lidar com suas limitações pessoais, antes de buscar uma solução na abordagem feminina.

Desmistifique a mulher

Pense comigo, uma mulher não é um bicho de sete cabeças. Quando você compreende que estamos falando sobre um ser humano, mortal, isso fica mais simples de se resolver.

Muitas vezes, por estar desmotivado, ou, por não acreditar no seu potencial, você acaba atribuindo desafios imaginários na sua vida. A ansiedade nasce aí, desses monstros que só existem pra você.

Desmitificar uma mulher, é compreender que a partir do momento que ela é um ser real, então ela não é inalcançável! Aprimorar sua abordagem é o que você deve fazer. Mas, desistir de ir falar com ela, não deveria ser uma opção viável.

O não você já tem…

Como ter assunto com uma mulher desconhecida?

Busque contra-argumentar seus pensamentos

Esse é o principal exercício pra quem quer superar uma crença limitadora!

Normalmente, essas crenças existem apenas em sua cabeça. Quando você identifica o que te bloqueia a abordar mulheres, você percebe que são razões práticas. Mas essas razões existem de fato?

Vamos lá, o ser humano em geral, costuma criar situações mentais, e se fixam, em grande parte, em questões que não existem de verdade, estão apenas em seus pensamentos.

Quando você racionaliza a sua crença identificada, você se pergunta se ela é real? Alguém já disse pra você algo relacionado a isso?

Pode ser sim, e possivelmente será, fruto de sua imaginação. Então se você tem medo de ir falar com a gata, porque acha que ela não tem interesse sexual em você, isso só pode ser uma realidade depois que ela verbalizar!

Portanto, arrisque! Você não tem uma bola de cristal, e não vai descobrir de outra forma.

Treine!

Oi, espelho! Sim! Parece infantil, mas a realidade é que a prática se torna um hábito. Claro que a técnica do espelho é uma brincadeira.. Mas você pode treinar falando com pessoas aleatórias.

Sabe aquele porteiro que você dá bom dia, todos os dias? É uma boa maneira de começar. Inicie mais assuntos com essas pessoas. Depois de um tempo, comece falando com mulheres, não as que você tem interesse sexual, mas as que estão no seu cotidiano.

Pode ser uma atendente do café que você costuma ir. Ou então, mulheres desconhecidas, mas que não seja com intuito de se relacionar afetivamente.

Os exercícios, realizados com frequência, se tornam um hábito natural. Isso vai te libertar da ansiedade de aproximação, pois, com o tempo, você vai simplesmente fazer. Não será mais penoso, ou constrangedor, porque é algo que você está acostumado a fazer.

Potencialize seu repertório de assuntos

A abordagem por si só não garante o sucesso do encontro. Mesmo sendo o inicio fundamental para conhecer pessoas, é preciso que você consiga potencializar seu repertório de assuntos.

Dessa forma, além da segurança de uma boa aproximação, você garante que o encontro se desenvolva perfeitamente.

Pensando nisso, nós programamos uma lista infalível, para utilizar com as mulheres nas mais diversas situações. Impulsione o seu lado comunicativo, e descubra como fazer todas as mulheres se interessarem por você.